Segunda-feira, 25 de Março de 2013

O biólogo que faz nascer cogumelos em borras de café

 

Empreendedores na primeira pessoa

1º caso

 

 

 

Um biólogo especializado em microbiologia olha para borras de café e pensa num negócio. Estranho? Talvez, mas foi o que aconteceu a João Cavaleiro, 32 anos, mentor do projecto empresarial Gumelo. Licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o jovem empreendedor iniciou o percurso profissional como bolseiro de investigação científica. A entrada no mundo empresarial não tardou e depressa passou a coordenar um departamento de controlo e qualidade alimentar num laboratório privado.

O espírito empreendedor, o bichinho do "negócio próprio" que, assume, "existe em mim desde a infância", falou mais alto e um dia, depois de ler um artigo científico sobre ensaios no México sobre o cultivo de cogumelos em resíduos produzidos pela indústria de café, pensou: "É uma grande ideia!". Pesquisou, trabalhou e produziu uma fórmula que permite agora produzir cogumelos a partir de borras de café. Foram dois anos de trabalho intenso, 730 dias que resultaram na criação de um substrato estável para produzir cogumelos.

Da descoberta à procura de apoios para criar uma microempresa foi um pulo. Contando com o Apoiar Micro (programa de incentivo da Região de Santarém), Cavaleiro iniciou o seu projecto de produção. Uma ideia que, tal como todos os produtos, precisa de imagem, marketing, embalagem, gestão comercial e financeira. Tiago Marques e Rui Apolinário entram depois no projecto e ajudam a desenvolver o conceito. E é assim que, há já um ano, a Gumelo é uma marca, nascida em Almeirim, ecológica na forma e conteúdo, inspirada numa leitura científica, realizada por um biólogo que continua a escrever artigos de ciência e que ousou converter ideias e resíduos em números.

A Gumelo, que conta hoje com três sócios, emprega um trabalhador a tempo inteiro e dois em 'part time'. Fundada com um investimento inicial de 20 mil euros (100% capitais próprios), ocupa hoje uma área de 150 metros quadrados, factura 100 mil euros e tem, para já, Espanha, Norte da Europa e América do Sul como mercados a conquistar no curto prazo. Um caso de inovação e sucesso empresarial 'made in Portugal' que tem a ambição de crescer - como cogumelos.

 

 

Gumelo: www.gumelo.com

 

 

Data: 15/03/2013
Publicação: DIÁRIO ECONÓMICO
Autor: MAFALDA DE AVELAR

 

 

Este post também foi publicado no blog: www.livrosavoltadomundo.blogs.sapo.pt

 

 

publicado por livrosemanias às 17:07
link do post | comentar | favorito
|


Mais sobre mim
Sobre a Mafalda

More about me
About Mafalda

Agenda
Agenda

África, Ásia e Brasil
Quer ir para Angola?

Around the World

pesquisar

 

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Homenagem ao Professor Ve...

Sócrates perde para Astér...

'Jogadas' com Blatter e o...

Ondjaki vence Prémio Lite...

Moçambique, Astérix, cris...

Biblioteca de Papel no CC...

Gomes Ferreira continua a...

MBA júnior, inteligência ...

Sócrates, Soares e Lula ...

" O meu programa de Gover...

arquivos

Maio 2014

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

blogs SAPO

subscrever feeds